03 jul, 2019

Estudantes do IDP ganham destaque no CONPEDI

Nos dias 20 e 21 de junho, os estudantes do IDP, Maria Clara de Albuquerque,  Victoria Bittencourt, Isabela Mury, Jessica Magalhães, Mônica Coêlho, Gabrielle Corrêa, Luzilane Moura e Priscilla Rezende apresentaram seus trabalhos desenvolvidos,sob supervisão de suas orientadoras e Professoras do IDP Juliana Miranda e Luciana Garcia, no Observatório dos Direitos Humanos do IDP no XXVIII Encontro do CONPEDI de Goiânia.

A dupla Mônica Coêlho e Gabrielle Corrêa, conseguiram destaque no evento pelo trabalho “Alteração no Registro Civil de Pessoas Transexuais e Travestis”, pelo banner as estudantes foram premiadas pelo terceiro lugar.

Gabrielle explica o maior desafio para a dupla. “Procurar o posicionamento de cada cartório a respeito do tema e qual era o procedimento adotado pelos cartórios quando se tratava de alteração do registro civil de pessoas transsexuais”, comenta a estudante.

Segundo Mônica, a importância do tema é procurar diminuir o preconceito com pessoas transexuais e travestis. “A relevância do tema é justamente auxiliar essas pessoas para que elas consigam, através da alteração do registro civil, ter maiores oportunidades de trabalho por que essa população sofre uma discriminação absurda, e precisam muitas vezes se prostituírem. Essa alteração daria mais dignidade à essas pessoas e melhores condições sociais e de trabalho, além do mais haveria uma quebra dessa visão distorcida do que é ser transexual ou travesti hoje no país”, explica a discente.

Para Luciana Garcia, Professora Doutora e orientadora da dupla, as pesquisas é um dos fatores importantes para o estudante que está realizando a graduação. “No IDP as atividades de pesquisa durante a graduação permitem o aprofundamento do conhecimento sobre determinado campo do Direito,  a articulação com outras áreas conhecimento, sobretudo das Ciências Sociais e, tratando-se de pesquisa aplicada, a relação com a prática do Direito”, comenta a docente.

Na busca de sempre incentivar seus estudantes, o IDP realiza pesquisas por meio de grupos de estudo e programas de suporte financeiro, como o PAPIN e PAGRUP. A instituição acredita que oferecer uma educação de excelência vai muito além da experiência na sala de aula, ela perpassa pela elaboração de artigos, vivências em intercâmbios e participação em grupos de estudo, dessa forma o aluno pode explorar todo o seu potencial. Parabéns a todos os estudantes que participaram do CONPEDI.

AINDA COM DÚVIDAS?