Direito

CONHEÇA O CURSO

  • AVALIAÇÃO DO CURSO: 
  • TURNOS: matutino e noturno
  • DURAÇÃO: 5 anos

A ESCOLA DE DIREITO E DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO IDP – (EDAP), tem a missão de prover um ensino superior de qualidade, com o intuito de suprir a disparidade existente entre o tradicionalismo jurídico e o dinamismo social.
O IDP possui um perfil voltado a uma preparação extremamente abrangente e completa dos alunos da instituição. Somos A Escola de Direito e de Administração Pública do IDP, EDAP que lança um olhar especial para a pesquisa acadêmica e para um ensino altamente qualificado, não descuidando da necessária formação profissional, com um viés prático, de seus estudantes. A formação humanista e reforço da consciência social dos nossos alunos também constituem parte de nossas metas.
Os resultados desses esforços e do compromisso com a qualidade vieram rápido e mostram-se indiscutíveis: o IDP obteve a nota máxima em recente avaliação do MEC e constitui a EDAP com o maior índice de aprovação na prova da OAB no Distrito Federal, à frente, inclusive, da Universidade de Brasília – UnB.

Marcelo Proença

Coordenador: Marcelo Proença

Bacharel em Direito pela Universidade de Brasília – UnB, Mestre em Direito Comparado pela Universidade de Miami e Doutor em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília – UnB. Professor na Pós Graduação e Coordenador da Graduação em Direito da Escola de Direito de Brasília – EDB/IDP. Procurador do Distrito Federal e Advogado.

Alberto de Medeiros Filho
Mestre em Direito - Advogado

Alberto de Medeiros Filho

Alonso Freire
Doutor em Direito - Ex-Assessor de Ministro do STF

Alonso Freire

Ana Carolina Cavalcanti
Doutora em Direito; Assessora de Ministro do STJ

Ana Carolina Cavalcanti

Ana Paula Zavarize Carvalhau
Doutora em Direito do Estado

Ana Paula Zavarize Carvalhau

Janete Ricken
Mestre em Direito - Diretora de Secretaria TJDFT

Janete Ricken

João Trindade Cavalcante
Mestre em Direito - Consultor do Senado Federal

João Trindade Cavalcante

Bruno André Silva Ribeiro
Mestre em Direito - Magistrado do TJDFT

Bruno André Silva Ribeiro

Bruno Torrano Amorim
Mestre em Filosofia do Estado

Bruno Torrano Amorim

Daniel Falcão
Doutor em Direito - Advogado

Daniel Falcão

Eduardo Machado Dias
Especialista em Direito Público. Mestrando em Direito Constitucional

Eduardo Machado Dias

Eric Hadmann Jasper
Mestre em Direito

Eric Hadmann Jasper

Fábio Quintas
Doutor em Direito - Advogado

Fábio Quintas

Fernando Miranda
Doutor em Direito do Trabalho pela USP; Advogado

Fernando Miranda

Fernando Natal
Mestre em Direito Constitucional; Assessor de Ministro do STJ

Fernando Natal

Flávio José Roman
Doutor em Direito - Procurador-Geral Adjunto do Banco Central do Brasil

Flávio José Roman

Gabriel Rezende
Doutor em Filosofia

Gabriel Rezende

Gilmar Mendes
Doutor em Direito - Ministro do STF

Gilmar Mendes

Guilherme Leite
Coordenador do NPJ • Mestre em Direito

Guilherme Leite

Guilherme Pereira
Doutor em Direito, Consultor Legislativo na Câmara dos Deputados e Advogado

Guilherme Pereira

Guilherme Pupe
Mestre em Direito - Advogado

Guilherme Pupe

Henrique Haruki Cavalcante
Doutor em Direito

Henrique Haruki Cavalcante

Ilton Robl Filho
Doutor em Direito - Advogado

Ilton Robl Filho

Janete Ricken
Mestre em Direito - Diretora de Secretaria TJDFT

Janete Ricken

João Trindade Cavalcante
Mestre em Direito - Consultor do Senado Federal

João Trindade Cavalcante

José dos Santos Carvalho Filho
Doutor em Direito Público - Assessor de Ministro do STF

José dos Santos Carvalho Filho

Leandro Oliveira Gobbo
Advogado e Doutorando em Direito

Leandro Oliveira Gobbo

Leonardo Estrela
Advogado

Leonardo Estrela

Luciana Silva Garcia
Doutora em Direito - Advogada

Luciana Silva Garcia

Luiz Alberto Gurgel de Faria
Doutor em Direito, Ministro do STJ

Luiz Alberto Gurgel de Faria

Luiz Weber
Mestre em Ciência Política

Luiz Weber

Marcelo Proença
Coordenador da Graduação em Direito • Doutor em Direito

Marcelo Proença

Marcio Cunha Filho
Doutor em Direito e Auditor Federal de Finanças e Controle na Secretaria Federal de Controle Interno

Marcio Cunha Filho

Marco Buzzi
Mestre em Ciência Jurídica - Ministro do STJ

Marco Buzzi

Marcos Vinícius Lustosa
Doutorando em Direito

Marcos Vinícius Lustosa

Maria Gabriela Peixoto
Doutora em Direito

Maria Gabriela Peixoto

Marilda Silveira
Doutora em Direito - Advogada

Marilda Silveira

Marília Sampaio
Doutora em Direito - Magistrada do TJDFT

Marília Sampaio

Mário Augusto Carboni
Doutor em Direito - Procurador da Fazenda Nacional

Mário Augusto Carboni

Marlon Tomazette
Procurador do DF

Marlon Tomazette

Nefi Cordeiro
Doutor em Direito, Ministro do STJ

Nefi Cordeiro

Ney de Barros Bello Filho
Pós-doutor em Direito Constitucional

Ney de Barros Bello Filho

Olívia Rocha Freitas
Doutora em Estudos da Linguagem

Olívia Rocha Freitas

Paula Farini de Azevedo
Mestra em Direito Internacional Econômico

Paula Farini de Azevedo

Paulo de Castro
Professor

Paulo de Castro

Paulo Emílio Catta Preta
Mestre em Direito

Paulo Emílio Catta Preta

Paulo Gonet
Doutor em Direito - Subprocurador Geral da República

Paulo Gonet

Paulo Mendes de Oliveira
Doutor em Direito - Procurador da Fazenda Nacional

Paulo Mendes de Oliveira

Rafael Augusto da Costa Alencar
Doutor em Sociologia

Rafael Augusto da Costa Alencar

Rafael Santiago
Doutor em Direito; Assessor de Ministro no TST

Rafael Santiago

Rafael Araripe Carneiro
Doutorando e Mestre em Direito Público

Rafael Araripe Carneiro

Rafael Silveira
Consultor Legislativo do Senado Federal

Rafael Silveira

Ramiro Nóbrega
Doutor em Direito - Defensor Público do DF

Ramiro Nóbrega

Raphael Carneiro Arnaud
Doutorando em Direito e Ciências Jurídicas Civis

Raphael Carneiro Arnaud

Raphael Peixoto de Paula Marques
Doutor em Direito - Membro da Advocacia-Geral da União

Raphael Peixoto de Paula Marques

Ricardo Lourenço
Doutor em Direito, Estado e Constituição; Juiz do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Ricardo Lourenço

NDE

NDE consiste no Núcleo Docente Estruturante. Conforme Resolução CONAES nº 01 de 17 de junho de 2010, trata-se de órgão colegiado de curso de graduação, formado por docentes que acompanham a concepção, consolidação e a contínua atualização do projeto pedagógico do curso. Além disso, contribui para consolidação do perfil profissional do egresso, pela integralização curricular interdisciplinar, pela observância do cumprimento das Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação, do desenvolvimento de linhas de pesquisa e extensão. No IDP, há o NDE do curso de Direito e do curso de Administração Pública em funcionamento, com reuniões periódicas, em seguimento à legislação aplicável.

Colegiado

O Colegiado de Curso consiste em órgão consultivo e deliberativo, de natureza acadêmica, referente ao curso de graduação. No IDP tanto o Colegiado do Curso de Direito quanto o Colegiado do Curso de Adminsitração Pública reúnem-se ordinariamente duas vezes por semestre conforme regulamento interno dos cursos.

PPC

O Projeto Pedagógico do Curso (PPC) é um documento que contém todas as informações do curso de graduação da uma instituição de ensino superior. Nele, estão presentes a concepção do curso, princípios norteadores, objetivos do curso, perfil do egresso, metodologias de ensino, sistemas de avaliação, e estrutura curricular.

Regulamento da Graduação

É o documento da Instituição de Ensino Superior que dispõe sobre o funcionamento e as atividades relacionadas ao curso de graduação.

O programa de talentos foi criado com o objetivo de ampliar o acesso aos cursos de graduação oferecidos IDP. Dentro deste programa, são encontradas duas categorias que buscam possibilitar que alunos talentosos e motivados possam integrar nosso corpo discente, são elas: bolsa acadêmica e bolsa social. É necessário ser aprovado no processo seletivo da instituição para ser contemplado com uma bolsa.

FORMAS DE INGRESSO

VESTIBULAR

2ª GRADUAÇÃO

TRANSFERÊNCIA EXTERNA

NOSSOS DIFERENCIAS

A grade curricular garante maior autonomia ao estudante, de modo a possibilitar uma experiência acadêmica que o permita desenvolver suas habilidades e competências de acordo com seus anseios, gostos e aptidões. Em razão disso o currículo conta com cerca de 20% de disciplinas optativas, que serão ofertadas a partir do 6º semestre de forma arquitetada, direcionada e contínua.

O IDP possui um Centro de Pesquisa – CEPES, que se caracteriza por ser um espaço institucional integrador do conhecimento gerado no IDP, a quem compete fomentar atividades de pesquisa e estimular a iniciação científica desde o início da formação universitária. Por meio, principalmente, de Grupos de Pesquisa e Grupos de Estudo, o CEPES realiza a integração entre graduação, especialização e mestrado para desenvolver reflexões, análises empíricas e conhecimento acadêmico a partir de eixos temáticos variados.

Para saber mais sobre as diversas atividades de pesquisa atualmente desenvolvidas no IDP, acesse o Portal do CEPES.

Como forma de estimular o convívio acadêmico entre estudantes da Graduação e do Mestrado em Direito e de despertar nos participantes da Graduação a importância da continuidade do estudo, da pesquisa e da capacitação profissional, permite-se que os alunos do 10º semestre cursem disciplinas do Mestrado na forma de disciplinas optativas.

Caso o estudante tenha, posteriormente, o interesse em ingressar no Mestrado, essas disciplinas poderão ser aproveitadas, reduzindo o tempo necessário para conclusão do curso.

O NPJ articula a consolidação entre a teoria e a prática pela realização de atividades relacionadas à elaboração de peças processuais e acompanhamento de audiências sob a supervisão dos professores do IDP. No NPJ há um posto avançado do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – CEJUSC, instalado na OAB-DF em parceria com o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, que acompanha o desenvolvimento das atividades de conciliação e mediação integrantes do currículo das disciplinas de prática jurídica.

Prática Jurídica

As práticas jurídicas do curso de Direito Escola de Direito e de Administração Pública do IDP (EDAP) são constituídas pelos componentes obrigatórios de prática (disciplinas de Prática Jurídica I à V) e não obrigatórios.

Com o intuito de promover a pluralidade referente as diversas possibilidades de atuações na área jurídica, a grade obrigatória do curso de Graduação em Direito oferece as disciplinas de Prática Jurídica em um conjunto de áreas que contemplam modalidades diversas, como: penal, Clínica de Advocacia, Atendimento no Núcleo de Prática Jurídica, Clínica de Constitucional, Prática Trabalhista, Civil, Mediação e Direitos Humanos.

• NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

Trata-se de ambiente de pesquisa e experimentação prática, com foco no exercício de dinâmicas entre alunos e professores para introduzir o aprendizado de técnicas que são essenciais ao exercício da advocacia, bem como pesquisa e prática jurídica com a finalidade de defender e promover os valores, princípios e direitos fundamentais insculpidos na Constituição Federal. O Núcleo de Prática Jurídica da Escola de Direito e de Administração Pública do IDP (EDAP) observam o modelo de convênio celebrado com a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), sendo desenvolvidas assim, em consonância com o disposto nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Direito – Resolução CNE n. 05/2018.

• ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS

Visando o enriquecimento da experiência profissional dos e das discentes o IDP possui convênios de estágios com Instituições públicas e privadas, assim como escritórios de advocacia. Essas oportunidades de estágio são divulgadas na página Career Center.

1 – O que é estágio não-obrigatório?

Segundo a Lei de Estágios em seu art. 1º § 2o, o Estágio não-obrigatório é aquele desenvolvido como atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória do curso de Direito na Escola de Direito e de Administração Pública do IDP (EDAP).

2 – O que é necessário para o um aluno da Escola de Direito e de Administração Pública do IDP (EDAP) formalizar um estágio não-obrigatório?

Para formalizar uma relação de estágio não-obrigatório, é necessário o preenchimento e a apresentação dos Termos de Cooperação e Compromisso. O Termo de Cooperação formaliza a possibilidade de que a instituição – seja pública ou privada – possa ofertar vagas aos nossos alunos/as, por estar devidamente conveniada conosco. O Termo de Compromisso prevê as atividades, tempo de vínculo e obrigações do/a estagiário e do escritório/empresa pública/etc. O primeiro termo deve ser entregue em 2 vias e o segundo em 4 vias.

3 – Qual contato para, informações contratuais ou dúvidas sobre estágios na EDAP?
Nosso e-mail é estagio@idp.edu.br

• LEI DE ESTÁGIOS

Lei 11.788/2008

Link para a lei: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11788.htm

Confira a Grade de Práticas Jurídicas

Novos Conteúdos e Formas de Ensino

O modelo tradicional de ensino, representado por currículos fechados pelo aprendizado em aulas expositivas, não é mais capaz de preparar o estudante de direito para os desafios que enfrentará. É com base nisso que o IDP vem promovendo uma mudança na metodologia de ensino, buscando incorporar ao currículo abordagens que privilegiem a capacidade crítica e criativa do aluno, bem como temáticas interdisciplinares e atuais.

Dentre as principais atividades:

Mootcourt

Simulação de atividades jurídicas em que os alunos são expostos a vários desafios, de modo a ampliar o aprendizado do estudante em contúdos específicos, bem como desenvolver sua capacidade de argumentar e buscar soluções criativas e eficientes para os problemas propostos

Seminário Jurídico

Espaço para o desenvolvimento de temas em discussão recente perante as diversas instâncias públicas do país, como forma de estimular o pensamento crítico dos estudantes e sensibilizá-los à importância de tais assuntos. Realização de debates sobre a terceirização trabalhista, a reforma da previdência, o aborto, a descriminalização das drogas, entre outros.

Optativas em outros idiomas

Disciplinas optativas oferecidas inteiramente em outras línguas, tais como inglês e espanhol, e definidas em conjunto com o corpo discente.

ORGULHOS IDP

[layerslider id=”3″]

Alunas de Direito falam sobre o curso do IDP

AINDA COM DÚVIDAS?

Share This Course