Artigos


Quais os impactos da adoção da urna eletrônica no Brasil?

4 dias atrás

O Brasil introduziu a urna eletrônica para suas eleições na década de 1990. Devido as dificuldades associadas ao voto impresso, a urna facilitou, principalmente, o processo de votação das pessoas menos escolarizadas e mais pobres. A implementação parcial das urnas, usada apenas nas cidades com mais de 40.500 eleitores registrados em 1998, permitiu imputar a esse meio um aumento da ordem de 12 pontos percentuais nos votos válidos, efeito ainda maior para as cidades com alta taxa de analfabetismo. A maior participação da população menos escolarizada no processo eleitoral também fez aumentar o gasto público em saúde.

Leia mais

Redistribuir impostos aumenta o reflorestamento e a preservação ambiental?

1 semana atrás

Em 2014, o Governo Central da Índia implementou o maior programa mundial de Transferências Fiscais Ecológicas (TFE) para preservação de florestas, no país. Somente em 2015, mais de 5,7 bilhões de dólares foram repassados aos 29 estados indianos, de acordo com suas proporções de áreas cobertas por florestas. Com a intenção de averiguar a eficácia dessa legislação pioneira, pesquisadores analisaram dados de transferências fiscais e de cobertura florestal para averiguar o impacto desses incentivos financeiros. Apesar de contribuir para a redução do desmatamento, os autores afirmam que os dados ainda não são suficientes para efetuar uma conclusão robusta, mas apresentam argumentos e fatos favoráveis à continuidade e manutenção da legislação ambiental.

Leia mais

Qual a influência da capacidade econômica e da formação de receitas públicas no desenvolvimento humano?

2 semanas atrás

Considerando as relações entre a capacidade econômica, o desenvolvimento humano e a necessidade financeira para melhoria das condições sociais, Mendes et al. (2018) identificam as relações estruturais entre capacidade e perfil econômico, arrecadação própria, transferências financeiras e desenvolvimento humano municipal. Os resultados encontrados pelos autores apontam a importância do PIB dos setores industrial e agropecuário e o volume das transferências intergovernamentais como influenciadores do desenvolvimento humano. Por outro lado, o setor de serviços apresentou efeito negativo, embora não se possa desconsiderar sua importância.

Leia mais

Qual o efeito da democracia sobre o crescimento econômico?

2 semanas atrás

Recentemente, o crescimento econômico passou a ser associado a regimes não-democráticos, contudo essa não é uma relação fácil de ser obtida devido a dinâmica do PIB, dos erros de medida e de características não observáveis. Ao contornar essas dificuldades, o vínculo entre sistema político e crescimento econômico foi obtido de diferentes maneiras que chegaram a resultados semelhantes. O regimes democrático está associado a um crescimento de 20% maior do PIB per capita no longo prazo. Os mecanismos responsáveis por esse resultado parecem ser uma a promoção de reformas econômicas e mais investimentos em educação e saúde.

Leia mais

O atendimento infantil pós-escola aumenta a força de trabalho feminina?

3 semanas atrás

O Programa 4-7 é uma creche oferecida pelo governo chileno para as crianças de 6 a 13 anos ficarem enquanto as mães estão trabalhando ou procurando emprego. O objetivo é permitir que as mães tenham essas horas para participar do mercado de trabalho, aumentando a força de trabalho feminina. A partir de uma aleatorização entre 25 escolas presentes em 21 municípios do Chile, observou um aumento significativo nos gastos com educação. Houve efeitos heterogêneos entre os grupos de mães, onde a oferta de vaga nessas creches aumenta a probabilidade de emprego em 12,3 pontos percentuais para mães com filhos pequenos.

Leia mais

O rendimento dos alunos do ensino fundamental melhora quando os professores têm ensino superior?

4 semanas atrás

O sucesso tanto escolar quanto profissional de um aluno está associado à qualidade dos professores que o ensinou, sendo a formação superior docente um dos fatores determinantes desse sucesso. Silva Filho (2019) mensura o efeito da formação superior dos professores de ensino fundamental da rede pública sobre a proficiência dos alunos ao confrontar a variação dos resultados dos estudantes na Avaliação Nacional de Alfabetização de 2013 com a Prova Brasil de 2015 nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Constatou-se que apenas professores de matemática com formação específica em matemática afetaram positivamente a proficiência de seus alunos.

Leia mais

Maiores gastos públicos com educação melhora a qualidade de ensino?

1 mês atrás

A literatura sobre a efetividade dos recursos aplicados nas instituições de ensino conta com alguns nomes importantes, que defendem posições diferentes quanto às políticas de aumento de recursos para a educação. Nesse empasse, Diaz (2012) contribui com o debate sobre a qualidade do gasto público municipal em educação, especificamente com ensino fundamental no Brasil, por meio da análise sobre a existência ou não de relação entre os gastos municipais em educação e os resultados de suas redes, avaliados de acordo com IDEB obtido no ano de 2005.

Leia mais

Diferenças demográficas levam a expectativas enviesadas de professores?

1 mês atrás

Professores conseguem influenciar a trajetória escolar e profissional de estudantes, sendo suas expectativas um dos meios responsáveis por afetar a performance de alunos. Ao comparar as expectativas sobre o máximo grau de escolaridade esperada sobre os alunos de décimo ano por dois professores diferentes, é possível atribuir o quanto da diferença de previsões é causada pelas dissimilaridades nos perfis raciais e de gênero entre docentes e estudantes. Como resultado, encontra-se que professores não negros de estudantes negros têm expectativas inferiores aos alunos quando comparados a professores negros.

Leia mais

Mulheres são menos corruptas que homens?

1 mês atrás

Corrupção política é um tema amplamente pesquisado na literatura acadêmica, de modo que, recentemente, pesquisadores demonstram interesse nas diferenças existentes entre a gestão pública de homens e mulheres. Especificamente no intuito de averiguar se prefeitas praticam menos atos corruptos em relação aos prefeitos, Brollo e Troiano (2016) analisaram as eleições municipais brasileiras dos anos de 2000 e de 2004 e concluíram que indivíduos do sexo masculino tendem a ser eleitos e reeleitos com maior frequência, além de praticar mais atos de corrupção política, contratar mais cargos temporários e contar com mais verbas provenientes de doações privadas para suas campanhas.

Leia mais

Raça e gênero influenciam nas expectativas dos professores?

1 mês atrás

A diferença nos perfis raciais e de gênero entre professores e estudantes é um dos determinantes das expectativas dos docentes sobre o nível de escolaridade máxima a ser alcançada pelos alunos. A Prova Brasil de 2015 coletou as expectativas dos professores de língua portuguesa e matemática de todas as turmas do nono ano do ensino fundamental da rede pública. Ao obter a relação das expectativas com as disparidades raciais e de gênero na sala de aula, encontrou-se que salas com docentes e maioria dos alunos negros estão associado a expectativas maiores sobre o êxito educacional dos alunos.

Leia mais

Existe discriminação salarial entre homens e mulheres?

2 meses atrás

Embora as mulheres venham conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho, estudos para países de alta renda mostram que as disparidades salariais com relação aos homens persistem ao longo dos anos. Neste contexto, o estudo de Menzel e Woodruff (2019) para o setor de vestuário em Bangladesh apresenta três contribuições importantes à literatura. Primeiro, mostra que as diferenças salariais são bastante semelhantes as encontradas na literatura para países de alta renda. Segundo, com um conjunto de dados de habilidades dos trabalhadores, os pesquisadores conseguem avaliar até que ponto as mesmas habilidades proporcionam aos homens salários superiores aos das mulheres. Terceiro, o estudo explora os mecanismos subjacentes que impulsionam as disparidades salariais de gênero, levando em consideração as possibilidades de deslocamento dos trabalhadores entre as fábricas.

Leia mais

Quais são os impactos dos fundos de financiamento da educação básica sobre resultados educacionais e trabalho infantil?

2 meses atrás

Tendo em vista a expansão do gasto educacional em municípios mais pobres devido à implantação do FUNDEF/B e a importância destes fundos para o regime de financiamento da educação básica brasileira, Cruz e Rocha (2018) contribuem para a literatura ao estimar os impactos dos fundos de financiamento da educação básica sobre resultados educacionais e trabalho infantil a partir dos Censos Demográficos de 2000 e 2010, o que permite avaliar efeitos sobre a margem extensiva da demanda educacional (frequência e fluxo) e ocupação das crianças no mercado de trabalho. Os resultados encontrados revelam efeitos positivos do aumento dos recursos transferidos via FUNDEF/B.

Leia mais

Prefeitos brasileiros acreditam na ciência?

2 meses atrás

A quantidade de estudos empíricos aumenta progressivamente no Brasil e no mundo, revelando novas descobertas científicas nos mais diversificados setores. Entretanto, poucos autores investigam os efeitos provenientes da realização de pesquisas e experimentos no processo de formulação de políticas públicas por parte dos líderes políticos. Assim, com o intuito de avaliar o interesse e a demanda de achados científicos por parte dos responsáveis pela formulação de políticas públicas, pesquisadores realizaram um experimento com prefeitos brasileiros, em parceria com a Confederação Nacional de Municípios (CNM). Os resultados indicam que prefeitos são favoráveis à realização e implementação de descobertas científicas.

Leia mais

As pessoas são capazes de influenciar as suas decisões?

2 meses atrás

A influência social é um fenômeno que afeta diversos aspectos da vida e das escolhas de indivíduos em sociedade e apesar de ser extensamente pesquisada, ainda não é plenamente compreendida na literatura acadêmica. Por essa razão, pesquisadores realizaram um experimento com o intuito de testar o impacto de duas formas desse tipo de influência nas decisões de investidores brasileiros: a aprendizagem social e a utilidade social. Os resultados indicam que ambos os tipos de influência social impactam o processo decisório dos participantes, o que demonstra a importância desse fenômeno para a sociedade.

Leia mais

Quais são os possíveis efeitos da crise econômica e das medidas de austeridade sobre a mortalidade infantil no longo prazo?

2 meses atrás

A crise econômica no Brasil que teve início em 2014, levou ao aumento da pobreza e desemprego. Nesse contexto, para conter seus efeitos, foram adotadas uma série de medidas de austeridade fiscal, dentre elas, a Emenda Constitucional 95, que limitou o crescimento dos gastos federais em proteção social e saúde pelos 20 anos seguintes. Diante desses fatos, esse estudo tem como objetivo, simular os possíveis efeitos de longo prazo da crise e das medidas adotadas, sobre os programas Bolsa Família – PBF e Estratégia Saúde da Família – ESF. Os principais resultados indicam, que entre 2017 e 2030, a redução na cobertura do PBF e ESF, poderia resultar em uma taxa de mortalidade infantil de até 8,6%, resultando em até 20.000 mortes e 124.000 hospitalizações evitáveis.

Leia mais

Professores de alto valor agregado melhoram os resultados dos alunos?

2 meses atrás

O papel do professor frente ao processo de ensino é de grande importância para a produção de conhecimento do aluno. Chetty et al. (2014) estudaram os impactos dos professores sobre os resultados de longo prazo dos alunos, usando registros escolares e fiscais para quase um milhão de crianças. Os resultados encontrados indicam que os pais devem valorizar o fato de seus filhos terem aula com professores de alto valor agregado, pois os alunos são beneficiados não somente durante as avaliações, mas também são mais propensos a frequentar a faculdade, receber maiores salários e menos propensos a terem filhos quando adolescentes.

Leia mais

Existe Rent-Seeking nos Municípios Brasileiros?

2 meses atrás

Nos municípios brasileiros, o rent-seeking, ou captura pela elite, se daria via amenização de impostos para a parcela da sociedade com maior poder aquisitivo e/ou orientação de gastos públicos para áreas de interesse do grupo dominante. Em todos os casos, a presença de rent-seeking estaria positivamente relacionada à desigualdade. Mahlmeister et al. 2018, utilizam dados da arrecadação do IPTU, dos gastos sociais e de desigualdade dos municípios brasileiros em 2000 e 2010 para avaliar a existência de rent-seeking. Os resultados sugerem que o rent-seeking está presente nos municípios mais pobres e desiguais.

Leia mais

Qual o impacto do PRONAF sobre a renda dos beneficiários?

2 meses atrás

Dada a importância do PRONAF para a agricultura familiar, Magalhães et al. (2006) avaliam a experiência do PRONAF entre os agricultores do Estado de Pernambuco. A análise é conduzida com dados de aproximadamente 4.500 agricultores familiares residentes no estado, divididos entre beneficiários do programa e um grupo de controle. Os resultados encontrados pelos autores indicam que o PRONAF se mostrou pouco eficaz em Pernambuco até o ano de 2001. Quando são consideradas as diferenças de características e probabilidades de participação do programa, os resultados indicam que o programa não gerou um impacto significativo para o público-alvo em Pernambuco.

Leia mais

Bolsa família aumenta o gasto alimentar?

2 meses atrás

O Bolsa Família é um programa de transferência condicionada de renda, criado com o intuito de promover o alívio da pobreza e desigualdade social. Estudos anteriores não observam o aumento do gasto alimentar, principalmente para aqueles alimentos ultra processados que possuem impactos importantes na saúde da população. Através da Pesquisa de Orçamento Familiar observou-se a proporção de gasto alimentar nas famílias beneficiárias e não beneficiárias. Os resultados demonstram um aumento no gasto semanal com alimentos por parte das famílias beneficiárias, e que as mesmas gastam 7,7% mais com alimentos minimamente processados do que famílias não beneficiárias.

Leia mais

Informações mais claras sobre as taxas de juros ajudam os consumidores?

3 meses atrás

Políticas públicas que regulam a concessão de crédito ao consumidor normalmente exigem que instituições financeiras exibam informações sobre as taxas de juros aos clientes. Entretanto, na ausência de diretrizes específicas, credores podem usar artifícios para dificultar a identificação desse dado, sem infringir a lei. Para averiguar se essa atitude é prejudicial ao consumidor, Ferman (2015) realizou um experimento em parceria com uma companhia de cartão de crédito que testou formas distintas de apresentar informações referentes à taxa de juros aos clientes. Os resultados demonstram que a maioria dos consumidores são avessos aos juros, independentemente da forma com a qual são exibidos.

Leia mais

O uso de contraceptivos de longa duração reduz a taxa de natalidade entre adolescentes?

3 meses atrás

Em 2009, o estado do Colorado lançou um programa que facilitava o acesso aos métodos contraceptivos para todas as mulheres com o objetivo de reduzir a gravidez não planejada. O programa focava diretamente em algumas das barreiras que limitam o acesso aos métodos contraceptivos de longa duração, como o fornecimento dos dispositivos e a redução do custo de implantação. Lindo e Packham (2017) comparam os condados participantes do programa aos demais condados nos EUA, e encontram que, na média, o programa reduziu a taxa de natalidade entre adolescentes em 6,4% por ano. A redução foi ainda maior para a população de baixa renda, aproximadamente 8%.

Leia mais

Programas de transferências de renda do governo tendem a desencorajar o trabalho?

3 meses atrás

Dada a ambiguidade da literatura quanto à relação entre programas de auxílio do governo e a oferta de mão-de-obra, Banerjee et al. (2017) reanalisam os dados de sete ensaios controlados randomizados de programas de transferência bancária em seis países em desenvolvimento para examinar os impactos dos programas sobre a oferta de trabalho. Os resultados encontrados sugerem que as transferências podem ser uma política eficaz para ajudar a combater a pobreza e a desigualdade.

Leia mais

Existem desigualdades regionais de expectativa de vida no Brasil?

3 meses atrás

Nos últimos 30 anos, o Brasil observou profundas mudanças socioeconômicas, passando por estabilização da economia, redução da inflação, políticas de valorização do salário mínimo e também a expansão de programas sociais. No entanto, o país segue sendo um dos mais desiguais do mundo. Nesse contexto, a pergunta que se busca responder é, como se deu a evolução da desigualdade regional na expectativa de vida dos Brasileiros. Diante dessa realidade, levando em consideração os aspectos regionais, foi calculado a probabilidade de viver até os 40 e 60 anos de idade, em diferentes municípios para o período de 1991 a 2010. Os principais resultados indicam que houve um aumento na expectativa de vida e na probabilidade de sobrevivência, principalmente para os municípios mais pobres.

Leia mais

O PIBID tem contribuído com o desempenho acadêmico de seus bolsistas?

3 meses atrás

O PIBID é uma política pública para a formação de professores, contribuindo com uma melhoria na educação básica pública do Brasil. Silveira (2013) observou que por meio deste programa os universitários entenderam que a prática do magistério vai além do domínio de conteúdo. Objetivando preencher a lacuna de estudos que avaliam a eficiência do programa, foi analisado o desempenho acadêmico dos bolsistas do PIBID em comparação aos não bolsistas, na Universidade Federal do Ceará. Os resultados sugerem que os alunos participantes do programa possuíram desempenho acadêmico qualitativamente superior aos não participantes.

Leia mais

Por que não investimos mais em Educação?

3 meses atrás

Dado seu potencial benéfico, muito se discute sobre os efeitos da educação em países emergentes. No Brasil, há um longo debate acadêmico sobre a participação dos eleitores nas decisões sobre investimentos em educação. Enquanto estudos indicam que um dos motivos que impedem a expansão dos aportes em educação é a captura das instituições democráticas por parte das parcelas mais ricas da população, pesquisadores testaram uma hipótese alternativa, por meio de um experimento. Os resultados indicam que as camadas mais pobres da população brasileira tendem a preferir políticas públicas de transferência de renda ao invés de investimentos de longo prazo em educação.

Leia mais

Saneamento e educação: bens substitutos ou complementares?

3 meses atrás

De acordo Kassouf (1995), a interação entre saneamento e educação pode apresentar efeito negativo, indicando substituição, ou positivo, indicando complementaridade. Se as variáveis forem bens substitutos, o aumento da educação age no sentido de amenizar os danos causados à saúde dos filhos quando há falta de saneamento. No entanto, se forem bens complementares, crianças de mães mais bem-educadas são beneficiadas pela presença de saneamento. Tendo em vista este problema de pesquisa, Kassouf (1995) avalia o efeito da interação entre educação materna e saneamento básico sobre a saúde infantil em diferentes faixas etárias

Leia mais

Quais são os principais fatores econômicos que afetam a taxa de crescimento da produtividade dos Estados brasileiros?

4 meses atrás

Diferentemente da maioria dos trabalhos que avaliam as políticas econômicas voltadas para a melhoria do capital humano e da distribuição de renda em nível de países, Dias e Dias (2007) contribuem com a literatura ao desenvolver e testar empiricamente um modelo de crescimento econômico que considera os efeitos da distribuição de renda, dos níveis de educação dos empregados e empregadores, dos investimentos em educação e do nível tecnológico sobre a taxa de crescimento da produtividade da economia em nível de estados.

Leia mais

Como políticas de transferência afetam o apoio ao Governo?

4 meses atrás

O governo do Uruguai lançou entre 2005 e 2007 um programa temporário antipobreza de transferência de recursos. Para determinar os beneficiários do programa, coletou-se informações socioeconômicas das famílias inscritas e, a partir dessas informações, atribuiu-se uma pontuação a cada uma delas. Famílias com pontuação abaixo de certo valor crítico seriam elegíveis ao benefício. Dado o desenho de política e pesquisas posteriores sobre a opinião política dos inscritos, foi possível avaliar o efeito do programa sobre o apoio político ao governo. O impacto estimado no apoio foi de até 13 pontos percentuais e persistiu mesmo após o encerramento do programa.

Leia mais

“Vale Bicicleta” tem impacto em matrículas?

4 meses atrás

O governo do estado de Bihar na Índia lançou em 2006 um programa inovador que dava uma bicicleta a todas as jovens que se matriculavam no ensino secundário. A iniciativa buscava incentivar a jovem a continuar os estudos, ao diminuir o custo de locomoção, e diminuir a diferença de gênero na matrícula no ensino secundário. O programa foi um sucesso de participação e contribuiu com 32% de todo o aumento do número de matrículas das jovens, além de 40% da redução da diferença de matrículas por gênero.

Leia mais

Mais recursos para a educação geram melhores resultados?

4 meses atrás

Esta pesquisa tem como objetivo mensurar os efeitos de gastos escolares diretos e características socioeconômicas no desempenho de alunos da rede de escolas públicas estaduais do Espírito Santo no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), utilizando a abordagem de “efeito-escola”, uma métrica bem consolidada para estudos em investimentos educacionais.

Leia mais

Parceria Público-Privada: quais vantagens para a educação?

4 meses atrás

Parcerias público-privadas são capazes de influenciar positivamente o número de matrículas e o desempenho de alunos? O governo do Paquistão parece acertar em fornecer subsídios monetários para que crianças estudem em colégios privados na região, uma vez que os resultados da iniciativa mostram-se benéficos, tanto no que se refere ao aumento das matrículas, quanto no que tange ao desempenho de alunos. O texto evidencia a importância da realização adequada do processo de pesquisa, assim como demonstra a relevância da atuação conjunta entre entes públicos e privados. Os autores também ressaltam a participação e a dedicação das famílias como necessidades ao sucesso e aos bons resultados do programa.

Leia mais

O Desenvolvimento Sustentável pode melhorar a saúde infantil?

4 meses atrás

A partir da coleta de dados do Censo Demográfico do Brasil de 2010, pesquisadores analisaram os determinantes sociais da saúde de crianças da região metropolitana de Curitiba, no Paraná, através da relação entre indicadores de Desenvolvimento Sustentável e resultados da saúde infantil. Ao compararem os indicadores de determinantes sociais de saúde com as taxas de mortalidade infantil de crianças com até 5 anos, os autores afirmam que existe uma relação entre o Desenvolvimento Sustentável dessa região e a diminuição das taxas de mortalidade infantil observadas.

Leia mais

Qual o papel da escolaridade da mãe na saúde da família?

4 meses atrás

A escolaridade da mãe é normalmente associada a saúde e nutrição da família de forma positiva. Essa relação, contudo, é difícil de ser mensurada diretamente, uma vez que várias variáveis potencialmente importantes não são observadas. Usando uma pesquisa socioeconômica de mulheres na Nicarágua, pôde-se construir indicadores de saúde da família, nutrição e saneamento e indicadores de características da mãe. Constata-se que a escolaridade materna tem efeito positivo sobre os indicadores de saúde, porém esse efeito desaparece quando o indicador com outras características maternas é contabilizado. Esse resultado gera dúvidas de qual o efeito da escolaridade materna na saúde.

Leia mais

Mensagens de textos ajudam a resolver o problema de atraso no pagamento de multas?

4 meses atrás

Receber por multas atrasadas envolve custos e é um desafio para a administração pública. Uma alternativa experimentada para induzir o pagamento foi a de enviar uma mensagem de texto para o celular dos devedores relembrando sobre a dívida e as consequências de não pagá-la. Primeiro, verificou-se que o envio das mensagens é eficaz em relação a não mandar nada. Segundo, o baixo custo de se personalizar uma mensagem permitiu examinar o tipo de texto com maior impacto. Uma mensagem nominal ao devedor fez o pagamento ser quase 3 vezes maior na média.

Leia mais

Qual é o efeito da Bolsa Família sobre a saúde infantil?

4 meses atrás

Os Programas de transferências bancária condicionais são populares internacionalmente e representam um grande investimento na saúde infantil. Esses programas governamentais foram implementados por muitos países em desenvolvimento, incluindo quase todos os países da América Latina, numa tentativa de reduzir a desigualdade de renda da população. Assim, Lebrecque et al. (2018) estimam o efeito do programa de transferência condicional brasileira, Bolsa Família, sobre o status nutricional infantil, medida pelo comprimento-por-idade e peso-por-idade, desde o nascimento até os primeiros 24 meses.

Leia mais

Existe relação entre Desigualdade e Crescimento?

5 meses atrás

A relação entre desigualdade social e crescimento econômico é de grande interesse e sua investigação sofria problemas, como assumir linearidade entre os objetos. Ao estimar a relação dessas variáveis sem assumir nenhuma forma entre elas, encontrou-se uma ligação de U invertido entre a taxa de crescimento e a variação na desigualdade, ou seja, mudanças na desigualdade em qualquer direção estariam associadas a menor crescimento no futuro. Ressalta-se que tal resultado não pode ser interpretado como causal, apesar de servir como alerta para que não se trace conclusões precipitadas.

Leia mais

A privatização do setor de saneamento básico pode ajudar a combater a mortalidade infantil?

5 meses atrás

Embora exista um consenso de que aumentar o acesso à água potável possa gerar inúmeros benefícios para população, dentre eles a redução da mortalidade infantil, os governos ainda enfrentam dificuldades de expandir o acesso aos serviços de infraestrutura no setor de saneamento básico, seja por restrição recursos financeiros ou por questões ideológicas e burocráticas. Nesse contexto, países como a argentina contornaram a crise econômica e o problema da restrição orçamentária na década de 1990 embarcando em uma das maiores campanhas de privatização do mundo, permitindo a provisão dos serviços de água pelo agente privado, cobrindo um total de 28% dos municípios. Tais medidas resultaram em uma queda de 8% na mortalidade infantil, tendo um efeito ainda maior nas áreas mais pobres, onde percebe-se uma redução de 26%.

Leia mais

O Programa Bolsa Família é capaz de reduzir a pobreza no Brasil?

5 meses atrás

Com o intuito de averiguar se o Programa Bolsa Família é capaz de reduzir os níveis de pobreza no Brasil, pesquisadores utilizaram dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) para investigar se a existência do programa é suficiente para gerar mobilidade social duradoura. O estudo aponta para o fato de que a unificação de políticas públicas sociais no Programa Bolsa Família possui o potencial de elevar os níveis de renda das populações mais vulneráveis, de modo a quebrar o “ciclo da pobreza” e minimizar a exclusão social.

Leia mais

Transferências Constitucionais do FPM: quais os incentivos para a corrupção?

5 meses atrás

Imagine uma situação em que seu município ganha uma quantidade de recursos adicional por um motivo inesperado, como será que o prefeito utilizará esses recursos? Este texto tem o intuito de mostrar como os recursos adicionais podem afetar o comportamento dos municípios em termos de corrupção e qualidade dos políticos. Para isso, Brollo e demais autores, em 2013, utilizam como experimento os municípios em torno dos limiares do Fundo de Participação dos Municípios. Seus achados mostram que a “maldição dos recursos públicos” é válida e que os municípios tendem a corromper mais quando ganham recursos inesperados.

Leia mais

Existe relação entre o grau de autonomia financeira e os investimentos em educação dos municípios?

5 meses atrás

Pode-se dizer que existe relação entre o grau de autonomia financeira e os investimentos em educação? Considerando as mudanças proporcionadas aos municípios brasileiros, com maior independência e autonomia financeira desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, Caetano et al. (2017) verificam a relação entre as transferências governamentais, a arrecadação tributária própria e o índice de educação dos municípios do estado de Minas Gerais, partindo da hipótese de que uma maior disponibilidade de recursos financeiros impactaria positivamente a qualidade da educação municipal. A pesquisa é conduzida por meio da análise de variância em blocos casualizados, correlação de Spearman, análise de clusters de k-médias e regressão linear múltipla.

Leia mais

Educação infantil é um bom investimento?

5 meses atrás

Com o intuito de averiguar se investimentos em educação nos primeiros anos de vida dão retornos positivos à sociedade e aos indivíduos contemplados, os pesquisadores avaliam o HighScope Perry Preschool Program, um programa de educação infantil cujo objetivo consiste em melhorar o aprendizado de crianças com desvantagens cognitivas e socioeconômicas.

Leia mais

Informação aos pais ajudam no rendimento escolar das crianças?

5 meses atrás

Estudos anteriores demonstram que a comunicação com os pais tem efeitos positivos no desempenho escolar. Para testar isso, foi realizado um experimento com alunos da nona série de São Paulo, onde os pais recebiam por SMS um dos conjuntos de informações: ou dados de frequência e esforço escolar, ou mensagens que destacavam a importância de observar o comportamento escolar dos filhos. Os resultados sugerem que esse tipo de intervenção manipulam a atenção dos pais e geram impactos positivos no desempenho escolar.

Leia mais

Altura e sobrevivência infantil: medida de bem-estar familiar

5 meses atrás

A sobrevivência infantil é um resultado importante de bem-estar do agregado familiar e é usado frequentemente como um índice de padrão de vida. Resultados de altura ou peso são uma dimensão diferente do status de saúde e nutrição das crianças, assim pode igualmente incorporar cálculos de bem-estar do agregado familiar. Thomas et al. (1990) determinam o impacto das características do agregado familiar na altura e sobrevivência infantil, condicional a idade. A pesquisa é conduzida usando dados brasileiros de despesas domésticas da ENDEF.

Leia mais

Programa de emprego para jovens no Egito

6 meses atrás

O governo do Egito, diante do problema do desemprego, lançou entre 2014 e 2017 um programa de emprego focado nos jovens, grupo mais afetado pelo problema. O programa apoiava-se na Parceria Público-Privada e na adoção de boas práticas globais para oferecer treinamento e aconselhamento aos inscritos. Os participantes foram divididos em grupos que receberiam ou não os serviços, permitindo, assim, mensurar os efeitos do programa. O resultado reportado foi positivo, constatando-se um aumento da média do emprego, da renda e do tempo semanal de trabalho para os participantes que receberam o treinamento em comparação ao grupo que não o recebeu.

Leia mais

Auditorias ajudam a combater a corrupção no Brasil?

6 meses atrás

Corrupção política é um tema relevante principalmente porque dificulta o desenvolvimento econômico e causa danos ao país. Atos corruptos desviam verbas públicas, fragilizam a credibilidade de instituições e enfraquecem a democracia como um todo, sendo objeto de estudo de diversos pesquisadores que buscam sua redução. Neste texto, economistas analisam um programa pioneiro de combate à corrupção política em municípios brasileiros, destacando os impactos positivos provenientes da realização de auditorias públicas aleatórias. Os autores demonstram que o programa não somente ajudou a identificar e processar políticos corruptos, como reduziu as práticas de corrupção em municípios auditados.

Leia mais

Pode-se ensinar empreendedorismo, ou é uma característica pessoal fixa?

6 meses atrás

Diferentemente da maioria das discussões acadêmicas e políticas que assumem o capital humano como fixo e concentra-se somente ao acesso ao crédito dos microempresários nos países em desenvolvimento, Karlan e Valdivia (2006) avaliam o impacto marginal da adição do treinamento de empreendedorismo a um programa de microcrédito no Peru. A pesquisa é conduzida usando um teste de controle randomizado com grupos de empréstimos de tratamento e controle e dados da FINCA-Peru, uma instituição de microfinanças que visa melhorar o capital humano dos microempreendedores e a situação socioeconômica das famílias de baixa renda localizadas em Lima e Ayacucho.

Leia mais

Acesso ao microcrédito reduz a pobreza?

6 meses atrás

Há décadas o microcrédito era considerado uma arma poderosa para redução da pobreza, concedendo até prêmio Nobel da paz para seu criador, mas atualmente é visto por alguns com ceticismo. No texto é relatado a avaliação do acesso ao microcrédito sobre a pobreza, feito pelos economistas Abhijit Banerjee e Esther Duflo vencedores do prêmio Nobel de Economia de 2019 por seus trabalhos no combate à pobreza global. Os resultados encontrados indicam que o microcrédito não reduz a pobreza e não parece ter qualquer efeito sobre a educação e saúde. Contudo, ainda pode ser uma ferramenta importante de acesso ao consumo de bens duráveis para população mais carente, porém, deve ser acompanhado de uma boa regulação.

Leia mais

1 2 3 5

Open Class IDP

No Open Class, você encontra cursos livres on-lines sobre os principais assuntos de Gestão, Economia e Negócios. São cursos para que você possa aprender novos conteúdos e aperfeiçoar a sua formação acadêmica, profissional e pessoal, dando um passo à frente no seu futuro!

Todos os cursos contam com certificado e são ministrados por grandes nomes do mercado, especializados em trazer conteúdos de qualidade para você!

Conheça os cursos

Conheça Nossos Cursos

IDP © 2020. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.