IDP

Ferramentas de acessibilidade

VLibras


Série – IDP Consciente

 

Convidados:

Suliete Baré – indígena do Povo Baré do Rio Negro, Comunidade Indígena Tapereira, e mestranda em Direitos Humanos na UnB

Dinamã Tuxá – advogado indígena e membro da coordenação da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – Apib

Loyuá da Costa – mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal Fluminense – UFF e colaboradora na OSC “Centro de Direitos Humanos Dom Máximo Biennès”, no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos – PPDDH

Mediação: Roberta Amanajás – professora no IDP

Inscreva-se

Convidados:
Alisson Pankararu – Indígena do povo Pankararu, graduando do curso de Medicina da UnB,e membro da Associação dos Acadêmicos Indígenas da UnB.

Beatriz Fernandes – Psicóloga formada pela UnB, Design e Colagista. Atua na área Clínica e Escolar, para além de projetos educacionais e artísticos. Tem aprofundamento teórico em questões de Desenvolvimento, Gênero e Relações Raciais. Acredita em processo comunitário, na alteridade e na autonomia, assim como na luta por mudanças sociais.

Patricia Fonseca Carlos Magno de Oliveira – Defensora Pública do Rio de Janeiro e Doutora em Direitos Humanos pela UFRJ, com a tese “Nas trincheiras da luta antimanicomial”

Mediação: Matheus Asmassallan – Psicólogo (UESPI), Mestre (UnB) e Doutorando (UFBA) em Psicologia. Especialista em Direitos Humanos (FAR) e psicopedagogo no IDP Care.

Inscreva-se

Convidadas:
Pamella Liz – doutora e mestra em Saúde Coletiva pela Fundação Oswaldo Cruz. Negra, feminista e, estudiosa das questões de gênero e saúde sexual e reprodutiva. Atualmente conduz estudos de pós-doutoramento na Anis – – Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero.

Maria Eduarda Valois Spencer – profissional do cuidado e trabalhadora do SUS, médica generalista assistente do Polo Base Xucuru Kariri em Palmeira dos Índios, AL (DSEI AL/SE) e parteira, Membra da Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares, Membra da Rede de Monitoramento dos Direitos Indígenas em Pernambuco (REMDIPE). Coletivo Adelaides. @aondeoSUSchega

Mediação:
Mayara Ferrari Longuini – doutora e mestre em Direito pelo Mackenzie e professora no IDP

Inscreva-se

Convidados:
Pablo Xavier – é produtor cultural de Belo Horizonte, morador do Aglomerado da Serra, Idealizador e coordenador da Alakan Cultura Periférica, produtora cultural que busca incentivar projetos independentes de periferias. Além disso, é estudante de teatro no CEFART – Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado, gestor cultural, dançarino e coreógrafo dos grupos de dança Identidade e Balé Brasil.

Stephany Metódio – natural de Garanhuns, é atriz, contadora de histórias, poeta-declamadora, produtora e gestora cultural. É também pesquisadora da tradição oral africana e afro-brasileira. Carrega em seu repertório a criação e atuação nos espetáculos de narrações orais africanas: “Luanda Ruanda – Histórias Africanas” e o “Ayô-Histórias de Griô”. Também é idealizadora e contadora de histórias no espetáculo “Histórias da Caixola”. Ainda na área de literatura circula com a aula-espetáculo “O livro em cena”. É poeta-declamadora no show de Gabi da Pele Preta e no projeto O Canto do Verso, do músico e compositor Revoredo. Integra o Coletivo Tear e gerencia o Espaço Cultural Aldeia Tear, onde também é curadora e coordenadora dos projetos “Studio Tear” e “Mostra Mundaú de Canções”. Produziu o Curta-Metragem “Gonzaga de Garanhuns: O Rei e o Reisado”. Produz as artistas Gabi da Pele Preta, Lili Novais e Revoredo. Integra o grupo gestor da RIPA (Rede Interiorana de Produtores, Artistas e Técnicos de Pernambuco), é gerente de política pública cultura na Secult Garanhuns e durante o isolamento criou um quadro de lives sobre literatura afro-brasileira e negritude chamado “ÍTAN NILÉ – Histórias em Casa” que está se transformando em podcast.

Mediação:
Maíra de Deus Brito (jornalista, doutoranda em Direitos Humanos pela UnB e professora no IDP)

Inscreva-se

Convidados:
Andrey Régis de Melo – Defensor Público RS, Dirigente do Núcleo de Defesa Criminal. Especialista em Criminologia e Direito Penal ICPC, Mestre em Ciências Sociais UFSM, Doutorando em Sociologia UFRGS. Colunista do Jornal das Missões. Curso de Formação de Oficiais da Brigada Militar.

Bárbara Ferrito – Graduada e Mestre em Direito pela UFRJ, Juíza do Trabalho no TRT1, Integrante do ENAJUN – Encontro Nacional de Juízas e Juízes negros, Diretora Adjunta de Cidadania e Direitos Humanos da Amatra1 e Autora do livro Direito e Desigualdade

Dina Alves – Advogada e Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Católica de São Paulo PUC (2015- 2019); Mestre em Ciências Sociais pela mesma universidade. Advogada. Atua junto a organizações populares do movimento negro, especialmente os movimentos feministas – na luta pela emancipação social negra. É co-fundadora do Coletivo Autônomo de Mulheres Pretas ADELINAS. Tem formação em Artes Dramáticas. Atualmente Coordenadora do Departamento de Justiça e Segurança Pública do IBCCRIM e Idealizadora do I Novembro Negro do IBCCRIM, que teve como objetivo fortalecer a luta antirracista através de um debate situado sobre “feminismo negro e sistema de segurança pública no Brasil”. Também é pesquisadora do grupo de estudos “Memória, Cultura e Identidade” associado à Universidade Pontifícia Católica de São Paulo/PUC/SP. Homenageada com o prêmio Clóvis Moura e Beatriz Nascimento pelo Quilombação, em 2019.

Mediação:
Felipe Freitas – (pesquisador, doutor em Direito pela UnB e professor no IDP)

Inscreva-se

Convidados:
Fausto Vanin – agente da transformação digital. Atua em iniciativas que usam a tecnologia para mudar o contexto social em que vive. Possui mestrado em Informática Aplicada pela PUC-PR e certificação em Inovação e Estratégia pelo MIT Sloan School of Management. Membro da OnePercent, coletivo que desenvolve soluções de software com a tecnologia Blockchain.

Vilma Pinto – formada em Ciências Econômicas pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCE/UERJ). Técnica em Análises Econômicas da FGV/IBRE, com especialização em Finanças Públicas. Integrante do Núcleo de Economia do Setor Público da FGV/IBRE. Atuou no IBGE, colaborando na produção de estatísticas do Instituto – Índice de Preços ao Produtor (IPP) e Programa de Comparação Internacional de Preços. É a primeira mulher negra a exercer um cargo de diretoria da Instituição Fiscal Independente – IFI.

Evelin Bonfim – formada em Jornalismo e Pós-Graduada em Análise Econômica, fez parte da INFOMONEY e trabalhou no Instituto brasileiro de Defesa do Consumidor. Atualmente é consultora de finanças para mulheres

Mediação:
Wellington Pantaleão (mestre em Direitos Humanos pela UnB e professor no IDP)

Inscreva-se
ÚLTIMO EVENTO:
25 Nov 2021
18h
Ciclo de debates Online
ASSUNTO(S):

Série – IDP Consciente

 

Convidados:

Suliete Baré – indígena do Povo Baré do Rio Negro, Comunidade Indígena Tapereira, e mestranda em Direitos Humanos na UnB

Dinamã Tuxá – advogado indígena e membro da coordenação da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – Apib

Loyuá da Costa – mestre em Direito Constitucional pela Universidade Federal Fluminense – UFF e colaboradora na OSC “Centro de Direitos Humanos Dom Máximo Biennès”, no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos – PPDDH

Mediação: Roberta Amanajás – professora no IDP

Inscreva-se

Convidados:
Alisson Pankararu – Indígena do povo Pankararu, graduando do curso de Medicina da UnB,e membro da Associação dos Acadêmicos Indígenas da UnB.

Beatriz Fernandes – Psicóloga formada pela UnB, Design e Colagista. Atua na área Clínica e Escolar, para além de projetos educacionais e artísticos. Tem aprofundamento teórico em questões de Desenvolvimento, Gênero e Relações Raciais. Acredita em processo comunitário, na alteridade e na autonomia, assim como na luta por mudanças sociais.

Patricia Fonseca Carlos Magno de Oliveira – Defensora Pública do Rio de Janeiro e Doutora em Direitos Humanos pela UFRJ, com a tese “Nas trincheiras da luta antimanicomial”

Mediação: Matheus Asmassallan – Psicólogo (UESPI), Mestre (UnB) e Doutorando (UFBA) em Psicologia. Especialista em Direitos Humanos (FAR) e psicopedagogo no IDP Care.

Inscreva-se

Convidadas:
Pamella Liz – doutora e mestra em Saúde Coletiva pela Fundação Oswaldo Cruz. Negra, feminista e, estudiosa das questões de gênero e saúde sexual e reprodutiva. Atualmente conduz estudos de pós-doutoramento na Anis – – Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero.

Maria Eduarda Valois Spencer – profissional do cuidado e trabalhadora do SUS, médica generalista assistente do Polo Base Xucuru Kariri em Palmeira dos Índios, AL (DSEI AL/SE) e parteira, Membra da Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares, Membra da Rede de Monitoramento dos Direitos Indígenas em Pernambuco (REMDIPE). Coletivo Adelaides. @aondeoSUSchega

Mediação:
Mayara Ferrari Longuini – doutora e mestre em Direito pelo Mackenzie e professora no IDP

Inscreva-se

Convidados:
Pablo Xavier – é produtor cultural de Belo Horizonte, morador do Aglomerado da Serra, Idealizador e coordenador da Alakan Cultura Periférica, produtora cultural que busca incentivar projetos independentes de periferias. Além disso, é estudante de teatro no CEFART – Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado, gestor cultural, dançarino e coreógrafo dos grupos de dança Identidade e Balé Brasil.

Stephany Metódio – natural de Garanhuns, é atriz, contadora de histórias, poeta-declamadora, produtora e gestora cultural. É também pesquisadora da tradição oral africana e afro-brasileira. Carrega em seu repertório a criação e atuação nos espetáculos de narrações orais africanas: “Luanda Ruanda – Histórias Africanas” e o “Ayô-Histórias de Griô”. Também é idealizadora e contadora de histórias no espetáculo “Histórias da Caixola”. Ainda na área de literatura circula com a aula-espetáculo “O livro em cena”. É poeta-declamadora no show de Gabi da Pele Preta e no projeto O Canto do Verso, do músico e compositor Revoredo. Integra o Coletivo Tear e gerencia o Espaço Cultural Aldeia Tear, onde também é curadora e coordenadora dos projetos “Studio Tear” e “Mostra Mundaú de Canções”. Produziu o Curta-Metragem “Gonzaga de Garanhuns: O Rei e o Reisado”. Produz as artistas Gabi da Pele Preta, Lili Novais e Revoredo. Integra o grupo gestor da RIPA (Rede Interiorana de Produtores, Artistas e Técnicos de Pernambuco), é gerente de política pública cultura na Secult Garanhuns e durante o isolamento criou um quadro de lives sobre literatura afro-brasileira e negritude chamado “ÍTAN NILÉ – Histórias em Casa” que está se transformando em podcast.

Mediação:
Maíra de Deus Brito (jornalista, doutoranda em Direitos Humanos pela UnB e professora no IDP)

Inscreva-se

Convidados:
Andrey Régis de Melo – Defensor Público RS, Dirigente do Núcleo de Defesa Criminal. Especialista em Criminologia e Direito Penal ICPC, Mestre em Ciências Sociais UFSM, Doutorando em Sociologia UFRGS. Colunista do Jornal das Missões. Curso de Formação de Oficiais da Brigada Militar.

Bárbara Ferrito – Graduada e Mestre em Direito pela UFRJ, Juíza do Trabalho no TRT1, Integrante do ENAJUN – Encontro Nacional de Juízas e Juízes negros, Diretora Adjunta de Cidadania e Direitos Humanos da Amatra1 e Autora do livro Direito e Desigualdade

Dina Alves – Advogada e Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Católica de São Paulo PUC (2015- 2019); Mestre em Ciências Sociais pela mesma universidade. Advogada. Atua junto a organizações populares do movimento negro, especialmente os movimentos feministas – na luta pela emancipação social negra. É co-fundadora do Coletivo Autônomo de Mulheres Pretas ADELINAS. Tem formação em Artes Dramáticas. Atualmente Coordenadora do Departamento de Justiça e Segurança Pública do IBCCRIM e Idealizadora do I Novembro Negro do IBCCRIM, que teve como objetivo fortalecer a luta antirracista através de um debate situado sobre “feminismo negro e sistema de segurança pública no Brasil”. Também é pesquisadora do grupo de estudos “Memória, Cultura e Identidade” associado à Universidade Pontifícia Católica de São Paulo/PUC/SP. Homenageada com o prêmio Clóvis Moura e Beatriz Nascimento pelo Quilombação, em 2019.

Mediação:
Felipe Freitas – (pesquisador, doutor em Direito pela UnB e professor no IDP)

Inscreva-se

Convidados:
Fausto Vanin – agente da transformação digital. Atua em iniciativas que usam a tecnologia para mudar o contexto social em que vive. Possui mestrado em Informática Aplicada pela PUC-PR e certificação em Inovação e Estratégia pelo MIT Sloan School of Management. Membro da OnePercent, coletivo que desenvolve soluções de software com a tecnologia Blockchain.

Vilma Pinto – formada em Ciências Econômicas pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCE/UERJ). Técnica em Análises Econômicas da FGV/IBRE, com especialização em Finanças Públicas. Integrante do Núcleo de Economia do Setor Público da FGV/IBRE. Atuou no IBGE, colaborando na produção de estatísticas do Instituto – Índice de Preços ao Produtor (IPP) e Programa de Comparação Internacional de Preços. É a primeira mulher negra a exercer um cargo de diretoria da Instituição Fiscal Independente – IFI.

Evelin Bonfim – formada em Jornalismo e Pós-Graduada em Análise Econômica, fez parte da INFOMONEY e trabalhou no Instituto brasileiro de Defesa do Consumidor. Atualmente é consultora de finanças para mulheres

Mediação:
Wellington Pantaleão (mestre em Direitos Humanos pela UnB e professor no IDP)

Inscreva-se
Pesquisar eventos

Mais eventos em

15 Nov 2021
01 Out 2021

IDP Consciente 2/2021

Ciclo de debates Online
25 Nov 2021
25 Fev 2021
01 Jul 2021
2021
09 Dez 2021
26 Nov 2021
08 Jul 2021
09 Dez 2021
29 Nov 2021